Páginas

quinta-feira, 28 de fevereiro de 2013

Anjo mecânico-As Peças Infernais

2 comentários:

Título: As Peças Infernais
Subtítulo: O mundo antes de Os Instrumentos Mortais
Autor(a): Cassandra Clare
Editora: Galera Record
Págs.: 387 

Tessa Gray tem apenas 16 anos e,mesmo parecendo ser uma mocinha indefesa,precisa cruzar o oceano de New York á Londres vitoriana para encontrar o irmão mais velho.Com a morte da tia Harriet,ela não tem outra escolha senão ir morar com Nathaniel ,o único parente vivo.Porém,para sua grande surpresa,ao desembarcar,Tessa é imediatamente sequestrada pelas irmãs Black e Dark,duas senhoras nada simpáticas que também mantêm Nathanielem cativeiro.
A segunda novidade é que a srta. Gray não é nem um pouco indefesa.Dona do estranho poder de se transformar em qualquer um apenas ao tocar em algum pertence dessa pessoa,a menina é um objeto valioso para os membros do Clube Pandemônio,uma organização secreta mantida pelas Irmãs Sombrias.Como nada no submundo escapa do conhecimento dos Caçadores de Sombras,Tessa é logo resgatada por eles, encontrando abrigo no Instituto de Londres.
Mas as portas do esconderijo,que só podem ser abertas pelos Caçadores de Sombras,protegem Tessa apenas parcialmente.Do lado de fora está desenrolando uma verdadeiras caçada em seu nome,e o Magistrado fará qualquer coisa para tê-la sob seu poder.Com a ajuda de máquinas humanoides,os autômatos,o novo líder das forças do mal em Londres se infiltrará na cidade,nos becos do submundo e em todo o caminho,até alcançar o coração dos Caçadores de Sombras.
Junto ao temperamental e misterioso Will e seu melhor amigo James,cuja frágil beleza esconde um terrível segredo. Tessa vai aprender a usar seu poder e conquistar um lugar ao lado deles na batalha.Tudo isso para tentar descobrir quem é o Magistrado e qual é a origem de sua habilidade sobrenatural.E sem que ela se esqueça ,é claro,de tentar controlar a atração que sente pelos dois garotos.Afinal,muitas vezes o amor é mais poderoso de que qualquer magia.

Realmente não tem muito o que falar do livro;Afinal,ele é fantástico como todos os livros que a Cassandra Clare escreveu.Me perguntaram se a pessoa que não leu Os Instrumentos Mortais,pode ler As Peças Infernais,e sim,pode.Porque mesmo as duas 'sagas' contando histórias diferentes,o tema é o mesmo:Caçadores de Sombras,demônios,vampiros,magos,fadas,lobisomens...E tudo que envolve isso.Mas Brenda,eu não conheço nada sobre Os Instrumentos Mortais,não li a série,e nem sei do que se trata,posso ler Anjo Mecânico?Pode,porque a Cassandra conseguiu fazer um resumo de tudo o que é importante para quem não leu a saga anterior,e pra quem já leu,e fica pensando ''mas irei ler o que já sei'',vai,só que de uma forma resumida,e uma forma que a personagem principal,Tessa,vai aprendendo.Então não tem o que reclamar.
Cassandra como sempre,usando aqueles pequenos detalhes do começo do livro,que ninguém mas nem se lembra,para sempre super importantes para o final(adoro isso).E claro,deixando o final do livro,não com gostinho de quero mais,mas sim de quando irá lançar o próximo?Quero mais!!!Mas tenho que admitir que o começo do livro foi bem chatinho,principalmente porque o livro de passa em outra época.
Os personagens são incríveis,com personalidades fortes e são fáceis de ser apaixonar(hahaha),Tessa me encantou no começo,mas depois esperei mais dela e não obtive.Will  e James(Jem)são MARAVILHOSOS,e com Will você dá boas risadas,mas com Jem você morre de amores.
Então é isso,comprem,peguem emprestado.Leiam!Aposto que iram adorar.
Comprei o meu pelo Submarino.



sábado, 16 de fevereiro de 2013

Entrevista com OMUGS

5 comentários:

E ai?Como passaram o carnaval?Ficaram em casa,saíram,desfilaram?Eu mesma fiquei em casa,e mesmo em casa,eu não fiz nenhum post(preguiçosa que sou).Mas estou muito feliz,porque a Bruna de Portugal,dona do blog  Coisinhas de Garota,fez uma entrevista comigo!

A Bruna falou que é super fã do blog e agente conversando pelo Facebook,e ela teve a ideia de fazer uma entrevista.O blog dela é novíssimo,então sigam,e vão visitar o cantinho dela.E eu sempre quis fazer uma,só que ninguém nunca tinha me convidado ): hahaha!

Vejam um pedaço da entrevista:

''E.:Sempre gostou de escrever?Se sim,desde quando?
B.:Sempre gostei,só que não sabia que tinha tanta facilidade,mesmo que quando pequena,eu era a unica que gostava de fazer redação e sempre fazia os maiores textos hahaha''

E.: Qual foi a pior fase no seu blog?
B.:Com certeza o começo,porque já tenho o blog a mais de 1 ano e só a partir do final de 2012 que tomei vergonha na cara e comecei a postar e ganhar leitoras''

Veja a entrevista completa no blog da Bruna: Coisinhas de Garota.





quinta-feira, 14 de fevereiro de 2013

Porque um dia todo mundo cresce e amadurece

3 comentários:


Você não me falou nessa parte da história!Você falou que eu iria crescer,trabalhar,casar,ser mãe e depois ser vó,pra ai sim,morrer.Você me contou das surpresas da vida,de como é ser feliz,e como é bom ser criança.Me disse que na escola eu iria aprender várias coisas e que iria ter vários 'amiguinhos'.Brincava comigo e falava que eu só poderia namorar quando fizesse 40 anos hahahaha. Me ensinou que nem tudo na vida é do jeito que agente quer,e que a única certeza da vida é que iremos morrer um dia.Me disse que não devemos confiar em todos,e que o ser humano é um bicho traiçoeiro. Você me falou para não desistir e que nem todos merecem uma segunda chance,me mostrou como construir,montar e concertar algumas coisas.Me contou que tudo tem dois lados,e que devemos saber ver o lado do outro.
Você me disse que eu iria crescer,trabalhar,casar,ser mãe,ser vó e depois morrer.Me disse pra aproveitar as oportunidades,pra deixar de ser tão tímida.Me disse que a melhor coisa é trabalhar e ter o que é seu.Tentou me ensinar a costurar ou fazer bordados.Me falou que a vida é que nem rapadura,é doce mas não é mole.Me mostrou que sempre terá alguém com uma vida pior que a minha,por isso não viver reclamando(acho que essa eu não aprendi).Me mostrou que tudo que é feito com carinho e dedicação sai bem feito,me falou que trabalho de gente preguiçosa é trabalho mal feito.Me falou que amizade é quem nem ouro,e que saber fazer amizades é um dom.Me mostrou que devemos encarar nossos medos e nos superar todos os dias.Me avisou dos males que a vida pode trazer,e do bem que podemos compartilhar.Me fez amar os animais,me ensinou  a pintar a unha,arrumar o cabelo e me maquiar.
Vocês me ensinaram a não chorar por uma machucado,me mostraram que tudo fica mais fácil sorrindo,e que não devemos chorar por besteiras.Vocês sempre riram das minha palhaçadas e me faziam chorar pelos meus erros,me ensinaram que errar é humano,e que não devemos ser tão rudes.Vocês me ensinaram a amar,a perdoar e a respeitar.
Quando acordava chorando por causa de pesadelos e noites mal dormidas,vocês sempre ficavam do meu lado até eu pegar no sono de novo,e se eu acordava chorando,assustava,lá estava um de vocês,fazendo rotinas até eu voltar a dormir novamente.Eu sinto saudade de quando tinha medo do escuro e vocês me falavam que não tinha o que temer,sinto saudade de quando tinha medo de ir no banheiro por causa das historinhas de terror que ouvia na escola,sinto saudades de quando tinha pesadelos e vocês estavam lá pra me tranquilizar,sinto saudade de quando ficava doente e era toda mimada até melhorar,sinto saudades desses pequenos carinhos,dessas pequenas retribuições de amor.Porque hoje em dia,eu já sei que o escuro é um lugar até bom pra ficar,e que o banheiro é só mais um cômodo,porque hoje em dia eu fico doente e sei como me virar para melhorar depressa,sei que meus pesadelos são só pesadelos e que um bom livro,música e até desabafar,vai me fazer dormir novamente.E que o carinho e o amor continua o mesmo,só que crescer é difícil lembram?E que eu preciso ganhar menos pra saber dar valor.
Mas nenhum de vocês dois me falou de como é sentir saudades,de como é se sentir sozinha,vocês não me contaram que todos passamos por coisas ruins quando estamos crescendo,e que as vezes é difícil superar isso.Vocês não me contaram que papai noel não existe,que o coelho da Páscoa na verdade nem coloca ovo,e nem que príncipes não existem.Vocês só me consolaram quando descobri tudo sozinha,e contaram que as coisas são assim mesmo,e que crescer é difícil.
Vocês não me contaram de como seria tão difícil.


quarta-feira, 13 de fevereiro de 2013

Lágrimas do céu,lágrimas de chuva.

3 comentários:

E eu tento,tento muito.Mas conversa com algum de vocês é mais complicado do que parece,meu rosto vai se tornando uma máscara de dor e sofrimento,enquanto eu tento não chorar.Olho pra vocês e vejo mais uma briga voltando a se forma,e me pergunto se vocês não vê a dor que está estampada nos meus olhos.
A chuva cai pesadamente a tarde,como se toda a dor que o céu sofreu no dia ensolarado,fosse derramada em gotas de água.Meu rosto está molhado por causa das lágrimas do céu,e minhas lágrimas viraram chuva.
E a cada página completa daquele caderno idiota que poderia muito bem ser chamado de diário,eu penso se algum dia isso tudo vai melhorar e eu vou poder ler cada palavra como se fosse apenas tudo de uma passado distante.Espero que isso aconteça,porque já estou perdendo minha esperança.
Eu já relatei como odeio o verão?Dia:quente pra caralho;Tarde: quente pra porra;Noite:cheia de pernilongos.E nesse feriado de carnaval que passou super rápido,eu penso que na verdade é tudo uma questão de tempo.Tempo pra se acalmar,tempo pra pensar,tempo pra agir,tempo pra se expressar,e dizer á todos que tudo na vida é questão de tempo,ate a própria vida.
Percebo que na hora do choro tenho mil e uma idéias para acabar com tudo isso,mil coisas para falar,mil pensamentos em falso.Tudo por uma tarde chuvosa e quente,e meu rosto dizendo a todos: Ela andou chorando.


segunda-feira, 11 de fevereiro de 2013

Primeiro dia de aula

8 comentários:


Ainda está escuro por causa do Horário de Verão,são 5:30 AM e eu to começando a me arrumar para ir para escola.Coloco uma camiseta com estampa do Bob Esponja,uma calça jeans e tênis,meu cabelo está amarrado,e minha maquiagem é bem simples.Confiro se estou com tudo do que preciso,agora só falta a coragem,que eu vou ganhando no meio do caminho.
O ônibus está vazio,o pessoal olha pra mim por causa da cor do cabelo,e pra minha sorte já acostumei com todos os olhares.A viajem é curta,estou quase chegando.
Se falar que não estou nervosa é muita mentira,não vejo um rosto conhecido.Uma amiga minha que estudou ano passado comigo não está aqui,e eu fico olhando pros lados até ver se acho ela.
O portão ainda não abriu,a frente da escola está cheia de gente,vejo aqueles grupinhos de amigos,e como esperava é a mesma idiotice de todo ano,cada estilo em um canto.Fico me perguntando aonde vou ficar,com quais pessoas vão ser meu amigos e se eles vão gostar de mim.
A escola é grande,e é tanta gente,o pessoal do 1º misturado com o pessoal do 2º e 3º ano,e é assim que me sinto mais infantil.
Hoje já me acostumei com a escola,com a bagunça de horários,com acordar cedo,com os meninos bonitos do 2º ano(hahah),do pessoal me encarando pela cor do meu cabelo,pelas meninas que querem se achar as mais punk da escola,pelas patricinhas,pela minha risada alta,e com todo mundo que vem ate a mim e fala ''gostei do seu cabelo,pintou com crepom?'' hahahahaha

quarta-feira, 6 de fevereiro de 2013

sexta-feira, 1 de fevereiro de 2013

Não sei ao certo que título dar para esse texto

4 comentários:


Mas uma noite em claro,e dessa vez não é culpa do PC nem dos livros,e sim de mim mesma.Minha rotina de sono esta bagunçada por causa das férias,durmo de tarde,fico acordada a noite,e assim vai.
Estou tentando mudar,já que essa ano irei estudar de manhã,mas pelo que vi hoje,não estou tendo muito sucesso.Deito na cama e milhões de pensamentos,metas,ideias se passam.Mas nada que eu guarde ou lembre.Infelizmente.
Já me indicaram chá,leite quente,bebidas quentes de todos os jeitos e tipos,mas eu nem me interessei e nem fiz questão de procurar saber de nenhuma,porque já sei que nenhuma vai me fazer dormir.O problema não é falta de sono,sim,tenho sono,só que minha mente é chata,fica pensando no tempo que conheci você,nos meses mais frios do ano,que eu ficava enrolada em uma coberta com o celular na mão só esperando as respostas das minhas tantas perguntas.A saudade é que naqueles tempos eu estava mais feliz,menos pensativa.Lembro muito bem que vivia gripada por causa do frio do mês de Junho,e você vivia rindo da minha voz quando eu estava com a garganta inflamada.
Não descobri ainda se eu era feliz por naquela época ser apenas sua amiga,ou por eu não ter todos os problemas que tenho hoje.Eu espero que seja a segunda opção,já que a primeira não posso ter de volta.
E eu fico acordada a manhã toda,olhando o movimento da rua,vendo os melhores desenhos que passam na TV,conferindo minha caixa de mensagens,meus emails,brincando com meus cachorros,e até muitas vezes fazendo uma limpeza na casa.Eu me sinto bem de manhã,como se o sol e o clima fosse mais leve,é...deve ser isso.A leveza das coisas quando poucas pessoas estão acordadas,o quase silêncio que é la fora,e o barulho que é aqui dentro da minha cabeça.E se eu pudesse te dizer alguma coisa hoje,é que eu dormia melhor quando sabia que você estaria me mandando mensagens de 'bom dia' na manhã seguinte.

Quer deixar seu link? Use: a href="LINK">NOME DO LINK